Nesta data (10/12), na Cidade Administrativa em Belo Horizonte, foi realizada a reunião de instalação do Grupo Estratégico de Resposta instituído pelo Governo do Estado de Minas Gerais por meio do decreto 497 de 25 de outubro de 2019, a fim de promover a mobilização e a ação coordenada dos órgãos e entidades estatais frente às consequências decorrentes de chuvas no âmbito do Estado.

Participaram da reunião representantes dos seguintes órgãos: Coordenadoria Estadual de Defesa Civil; Secretaria Geral; as Secretarias de Estado de Governo; da Fazenda, de Infraestrutura e Mobilidade; de Desenvolvimento Social; de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável; o Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DEER); Cemig; Copasa; Polícia Militar (PMMG); Polícia Civil (PCMG); Corpo de Bombeiros (CBMMG); o Instituto Mineiro de Gestão das Águas (IGAM) e a Fundação Estadual do Meio Ambiente.

Durante o encontro, foi procedida uma contextualização histórica dos últimos períodos chuvosos, bem como o registro das principais ocorrências associadas às chuvas no corrente ano.

 

O Coordenador Adjunto de Defesa Civil, Tenente-Coronel Flávio Godinho Pereira, deu início as atividades agradecendo a todos os órgãos presentes e a presteza em atender o chamamento desta Coordenadoria e falou sobre a importância do governo estadual se preparar cada vez mais para a atuação no período chuvoso.

“A reunião é o alinhamento das interferências que o poder público terá que fazer em face de acontecimento aos desastres em todo o Estado e que todos os órgãos presentes são imprescindíveis para as ações de resposta. Não conseguiríamos atender aos desastres ocorridos no Estado se não fosse a participação efetiva de todos”, destacou tenente coronel Godinho”.

A Meteorologista do Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam), Paula Pereira de Souza, ressaltou que em outubro as anomalias de precipitação foram negativas em quase todo estado, ou seja, as chuvas foram inferiores à climatologia. Ocorreram muitos eventos de tempo severo, associados à ocorrência de granizo e ventania. Houve emissão de muitos alertas.

O Superintendente de Gestão de Desastres da Cedec, Maj PM Carlos Eduardo Lopes, destacou a importância da interligação entre os diversos órgãos no último período chuvoso, e que a prevenção tem evitado maiores danos em diversos Municípios que se preparam para este período de chuvas intensas.

 

Cedec apresenta balanço

A Defesa Civil apresentou, o balanço do período chuvoso 2019/2020 apontou que 24 municípios foram atingidos pelas chuvas. Deste total, 12 declaram situação de emergência.

A reunião é apenas a primeira das diversas que serão realizadas no período chuvoso, com vistas ao monitoramento das ações de prevenção e de resposta, em caso de desastre.

Saiba como adotar medidas para autoproteção em caso de chuvas em nosso site www.defesacivil.mg.gov.br ou pelo nosso instagram: defesacivil_mg, twitter @defesacivil_mg e facebook: defesacivilmg.

Defesa Civil somos todos nós!